| 31 comentários ]

Hoje é Quinta-Feira. Você sabe porque?

Todo mundo sabe os dias da semana, não há quem não saiba: Segunda-Feira, Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira, Sábado e Domingo. Mas basta aprender algum outro idioma e aí começa o nó. Cadê o Feira? Vamos ver no inglês: Monday, Tuesday, Wednesday, Thursday, Friday, Saturday, Sunday. Perceberam que não tem nada a ver? De onde então vem os nomes dos dias da semana, tanto em português como em outras linguas? A charada não é tão dificil de matar assim. Primeiro no Inglês. Todos eles vem do antigo inglês, que muitas vezes é derivado do antigo alemão ou holandês (quem diria, hã?):

Monday = Moon's Day = Dia da Lua
Tuesday = Tyr's Day = O dia de Tyr / Marte
Wednesday = Wodne's day = Wonden Day = Dia de Wonden / Mercúrio
Thursday = Thunor's day = Thor Day = Dia de Thor / Jupter
Friday = Frige's Day = Frige Day = Dia de Frige / Vênus
Saturday = Saturn's Day = Saturn Day = Dia de Saturno
Sunday = Sun Day = Dia do Sol

Os nomes são antigos, tiveram poucas mudanças e vem das culturas pagãs. Alguns nomes mudam conforme a lingua, e em geral, os que apresentam certa diferença são na lingua Espanhola, nas linguas árabes e para os Judeus. Mas na sua maioria, os nomes tem a ver com Deuses, ou épocas do ano. Dos nomes em inglês, o nome mais recente é o de sabado, que foi mudado para um Deus da mitologia romana, ao contrário dos antigos Deuses escandinavos.


Mas isso tudo não responde porque hoje é Quinta-Feira.


Martinho Dume
Martinho de Dume, um bispo de Braga e de Dume considerado santo pela Igreja Católica, que tomou a iniciativa de nomear os dias que antecediam a pascoa (semana Santa) com nomes litúrgicos. Daí surgiram Prima Feria, Secunda Feria, Tertia Feria, Quarta Feria, Quinta Feria, Sexta Feria, Sabbatum. "Feira" vem de feria, que, em latim, significa "dia de descanso". O termo passou a ser empregado no ano 563, após um concílio da Igreja Católica na cidade portuguesa de Braga - daí a explicação para a presença do termo somente na língua portuguesa.

Após algum tempo, os dias da semana foram adotados para a semana de todo o ano, já que os nomes vinham primordialmente de Deuses pagões, e como portugal sempre teve raizes fortes católicas, optou por substituir em seu país, e em suas "colônias".

Mas mesmo a igreja católica não consegiu fugir pra muito longe dos dias "pagãos" ou de outras origens. Sábado tem esse dia por causa do Shabbat, o dia de descanso dos Judeus, literalmente o "Dia do Senhor". Hoje Domingo é o dia de descanso, com excessão de algumas vertentes do Cristianismo e para o Judaísmo, que continua tendo o sábado como "dia do Senhor".


Sobre o Domingo

O imperador romano Constantino influenciou em grande parte na inclusão de dogmas na igreja cristã baseados em tradições. O Domingo foi instituído dia de descanso através do Edito de Constantino, do ano de 321, que dizia:

"Que todos os juízes, e todos os habitantes da Cidade, e todos os mercadores e artífices descansem no venerável dia do Sol. Não obstante, atendam os lavradores com plena liberdade ao cultivo dos campos; visto acontecer amiúde que nenhum outro dia é tão adequado à semeadura do grão ou ao plantio da vinha; daí o não se dever deixar passar o tempo favorável concedido pelo céu." (in: Codex Justinianus, lib. 13, it. 12, par. 2.)

O culto ao Deus Sol
Essa escolha se deu por 2 motivos. Em muitas culturas, o Deus maior é o Deus Sol, chamado de Rá pelos Egípcios e reverenciado por culturas desde civilizações Européias até Africanas e Americanas. O nascimento de Jesus, segundo registro se deu em 7 de Janeiro. Porém em torno do dia 25 de Dezembro eram comemoradas as festividades pagãs do soltício de inverno. Também era considerado as festividades da saturnália, em honra ao Deus saturno (entre os dias 17 e 22 de dezembro) e era tido também como o nascimento do misterioso deus persa Mitra, o Sol da Virtude. Tudo girava em torno do Sol, inclusive o dia, "dia do sol". Assim, em vez de proibir as festividades pagãs, forneceu-lhes um novo significado, e uma linguagem cristã. Bíblicamente, Jesus é o "sol de justiça" (Malaquias 4:2) e a "luz do mundo" (João 8:12). Mas a transição do nascimento de Cristo mudou com o tempo. Em 321 foi instituído o dia de descanso, aos Domingos. Em 325 o Primeiro Concílio de Nicéia confirmou a tradição apostólica, e estabeleceram universalmente o primeiro dia da semana como sagrado, substituindo o "Dies Solis" para "Dies Domenica" em memória à Ressurreição, sendo o primeiro dia da semana o Dominicus, ou seja, o Domingo. Já a mudança da festividade do soltício de inverno para o nascimento de Jesus aconteceu só em 336. Afinal, o dia do Sol já era o dia do Senhor.

Assim a Prima Feria virou Dominicus. Foi Constantino também que instituiu definitivamente a semana com 7 dias, e a escolha não foi aleatória. Os romanos adotavam semanas com 8 dias à epoca. Os babilônios ja dividiam o ano em conjuntos de sete dias, e constava na bíblia que o Senhor havia criado o mundo em 6 dias e descansado no sétimo.

PS: Braga atualmente é uma cidade portuguesa, porém à altura do concílio, portugal não era independente, e Braga pertencia ao reino dos suevos.

Fontes:


http://mundoestranho.abril.com.br/cotidiano/pergunta_287767.shtml
http://pt.wikipedia.org/wiki/Segunda-feira
http://pt.wikipedia.org/wiki/Saturno_%28mitologia%29
http://en.wikipedia.org/wiki/Frige
http://en.wikipedia.org/wiki/Thor
http://en.wikipedia.org/wiki/W%C5%8Dden
http://pt.wikipedia.org/wiki/Tyr
http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%89dito_de_Constantino
http://pt.wikipedia.org/wiki/Conc%C3%ADlio_de_Laodic%C3%A9ia
http://pt.wikipedia.org/wiki/Primeiro_Conc%C3%ADlio_de_Nic%C3%A9ia
http://ricardomonteiro.org/?p=158
http://pt.wikipedia.org/wiki/Natal
http://pt.wikipedia.org/wiki/Braga

Por Desplugue | Envie por e-mail Compartilhe:_

31 comentários

Senhorina disse... @ 17 de fevereiro de 2011 12:49

olha só!!1
quem diria?!!
isso ae irmão
muito bom esse post...
:*

Anônimo disse... @ 27 de abril de 2011 20:26

QUE IRONIA,FEIRA SINGNIFICA "DIA DE DESCANSO" E OS DIAS COM FEIRA NO NOME SÃO OS EM QUE GERALMENTE NÃO SE TEM DESCANSO!

Cristiano Willian disse... @ 27 de abril de 2011 21:15

OTIMO POST!!!!!
ENVIE SEUS LINKS PARA O PORTAL NEXUS TAMBEM
www.portalnexus.blogspot.com

Ramon VIctor disse... @ 27 de abril de 2011 21:24

Um pouko de cultura...hehehe
Depois da uma olhada na promoçao do blog http://100regras.com.br/2011/04/comemoracao-dos-500-mil-visitantes-do-blog-100regras/
Sorteando premios

Rhael disse... @ 28 de abril de 2011 00:00

Então quer dizer que Constantino mudou o dia de descanso.
Ele alterou um decreto bíblico que diz ser Sábado o verdadeiro dia de Descanso.
Além de tudo, ele disse que caso o agricultor tenha que cultivar a terra, então nao precisa guardar esse dia.
Constantino mudou o 4º Mandamento de Deus.

alexandreu disse... @ 28 de abril de 2011 03:02

No ano 563 Braga estaba adscrita o reino de Galiza governada polos Suevos. Portugal tardaria mais de quinientos anos en constituirse. Nada substancial muda no artigo pero e un apuntamento necesario

Obrigado

@Desplugue disse... @ 28 de abril de 2011 03:56

Muito obrigado pela contribuição, Alexandreu. Já adicionei uma nota explicativa. :)

Mariana de Castro disse... @ 28 de abril de 2011 05:48

Bom post! Mas de acordo com alguns estudos, Jesus nasceu entre setembro e outubro. Em janeiro é inverno e os pastores não estariam "pastoreando"! :P

Mesmo assim, gostei! ^^

Beijo!

@Desplugue disse... @ 28 de abril de 2011 05:57

Há controvérsias! kkkk
É terrivelmente difícil achar fontes de informações sobre o tema. =/
Muita informação se perdeu no tempo, e sobraram as especulações. Se tiver alguma fonte legal, manda aí que eu vou ler e adiciono as informações ^^

Anônimo disse... @ 28 de abril de 2011 07:11

Por isso que é feiriado! entenderam a piada?? hã?? no meu standap tem muito mais !

Jean disse... @ 28 de abril de 2011 07:18

ótimo post, parabens pelo site ;)

Anônimo disse... @ 28 de abril de 2011 07:45

Obrigada pela informaçao. Me perguntaram aqui em Madrid o por que das "ferias" e nao soube responder. Agora posso explicar com toda certeza.

Léo Lima disse... @ 28 de abril de 2011 08:03

excelente post. cheio de cultura. parabens

Chiclete Atômico - Clécio disse... @ 28 de abril de 2011 11:36

Post de qualidade é isso aí! :D
Muito bom mesmo.

Anônimo disse... @ 28 de abril de 2011 13:13

Eu geralmente nao comento em nenhum blog, mas seu post mereceu um "parabens" pela clareza e objetividade. Passarei a acompanhar o blog!

Edson disse... @ 28 de abril de 2011 14:16

Então,devemos descansar de 2ª à 6ª e trabalhar apenas no sábado e domingo ... Eu sempre pensei q isso era o correto e, para minha alegria, eu estava certo ... XD

Vivian Cabral disse... @ 28 de abril de 2011 14:39

Por serem dias de descanso, deveríamos estudar só sábado e domingo :D Eu sabia que estava certa :*

Anônimo disse... @ 28 de abril de 2011 15:07

É por isso que o povo brasileiro é tão preguiçoso, todo dia aqui é dia de descanso. De segunda a sexta é "feira", sabado dia de descanso dos judeus (opa, mais um dia de descanso) e domimgo dia de descanso dos catolicos (vamos descansar pra respeitar a igreja). Hahauhauhaua

Anônimo disse... @ 28 de abril de 2011 15:18

Pelo que entendi, então: os judeus e os adventistas estão certos por terem o sábado como dia de descanso? Tudo veio do sol e o deus sol é uma referencia pagã. Então ao invez de estar descansando no dia do Senhor, que é o sétimo dia, dia em que Ele descansou, estamos descansando no primeiro dia, dia do deus sol pagão. Além disso, não existem referencias bíblicas sobre essa mudança do dia sagrado, mas há referencias bíblicas sobre mudarem e praticamente obrigarem a todos a descansar em um outro dia, estabelecido pelo homem, no caso por Constantino, Imperador Romano de fortes raizes pagãs. Interessante né. Acho que estamos fazendo tudo errado.

Parabéns pelo post. Muito bem escrito e pesquisado.

CLAYTON disse... @ 28 de abril de 2011 17:05

Onde Esta o registro que diz que Jesus nasceu no dia 7 de janeiro me mostra e prova.Nao ha nenhum registro do ou data do nascimento de jesus nem mesmo na biblia, mas sim consta como dia do nascimnto como o dia 1 e nao um adata precisa.

Jerfferson Araújo disse... @ 28 de abril de 2011 17:22

Pagões não, né?

No mais, parabéns pelo post!

Anônimo disse... @ 28 de abril de 2011 17:24
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Zalankghard disse... @ 28 de abril de 2011 18:00

Realmente legal o post, se os acontecimentos históricos tivessem sido melhor escritos e preservados poderiamos ter muito mais informaçoes(e mais confiáveis também) sobre o nascimento de certas tradições(em sua maioria religiosas, diga-se de passagem) que adotamos atualmente.
Blog também é cultura(ou não).
Adicionado aos favoritos.

Anônimo disse... @ 28 de abril de 2011 18:16

ei akilo nao é o culto ao deus sol
é um kamehame ha!

Fernando Medeiros disse... @ 28 de abril de 2011 18:59

vALEU A INFORMAÇÃO JÁ SALVEI E POSTEI PARA QUE MAIS PESSOAS SAIBAM, OBRIGADO MESMO

Ciro disse... @ 28 de abril de 2011 19:02

curioso, não sabia que tinha esse Martinho Dume.

mas covenhamos esse Constantino era um filho de p** mudou quase tudo no cristianismo.

Anônimo disse... @ 28 de abril de 2011 19:06
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rogério Lemos disse... @ 28 de abril de 2011 19:40

Estava indo muito bem... até colocar que Jesus nasceu em 7 de janeiro. De onde saiu essa? Como ele morreu com 33 anos E MEIO, conte 6 meses antes da época da Páscoa. Se a Páscoa costuma cair entre Março/Abril, seis meses antes teremos Setembro/Outubro.
Viu como assim é bem mais simples?

outravida disse... @ 28 de abril de 2011 19:45

Excelente conteúdo, gostei.

@Desplugue disse... @ 28 de abril de 2011 20:12

Não é certeza quanto a data. Esses são dados encontrados através de pesquisa na net, pra ser mais preciso, da wikipédia:

"De acordo com o almanaque romano, a festa já era celebrada em Roma no ano 336 d.C.. Na parte Oriental do Império Romano, comemorava-se em 7 de janeiro o seu nascimento, ocasião do seu batismo, em virtude da não-aceitação do Calendário Gregoriano. No século IV, as igrejas ocidentais passaram a adotar o dia 25 de dezembro para o Natal e o dia 6 de janeiro para Epifania (que significa "manifestação"). Nesse dia comemora-se a visita dos Magos.

Segundo estudos, a data de 25 de dezembro não é a data real do nascimento de Jesus. A Igreja entendeu que devia cristianizar as festividades pagãs que os vários povos celebravam por altura do solstício de Inverno."


Porém achei datas do início de agosto também. Como não sou um estudioso do tema, e as fontes são todas imprecisas, usei a fonte mais confiável e que mais se repetia. Mas aí é conversa pra outro post hehe

Se algum professor do tema / estudioso sério, quiser se pronunciar, ficarei feliz que solucione o dilema.

Abraços!

@Desplugue disse... @ 28 de abril de 2011 20:21

Jerfferson Araújo,
Segundo o Aurélio, é pagãos mesmo kkk
abs!

Postar um comentário